Trabalho infantil: 15 casos são acompanhados em Cascavel

Erradicar o trabalho infantil não é uma tarefa simples, pois muitas dificuldades precisam ser enfrentadas e uma delas é justamente a de distinguir o que é um trabalho infantil. Foi com este objetivo que pelo menos 500 pessoas – a grande maioria trabalhadores da Assistência Social, da Saúde e da Educação do Município de Cascavel – debateram nesta tarde (12), Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, sobre o tema no auditório da Unipar em Cascavel, durante o 5º Seminário Municipal de Sensibilização ao Enfrentamento e Erradicação do Trabalho Infantil.

Ao longo do evento a psicóloga e assistente social Adriana Turbay falou sobre “A Poética Infantil no Século XXI – Uma discussão sobre o desenvolvimento e o trabalho infantil: Como as ações intersetoriais podem ajudar neste universo” e explicou sobre as diversas formas de exploração de crianças e de adolescentes.

Em Cascavel, segundo dados da Secretaria de Assistência Social, que realizou o seminário em parceria com o Setor de Gestão do Trabalho/Núcleo de Educação Permanente e da Comissão Municipal para o Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes e do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil de Cascavel (CEV/Peti), atualmente o Município tem 15 casos registrados e que recebem o acompanhamento por meio do Creas I e IV, com suporte dos serviços de convivência e de fortalecimento de vínculos.

“O trabalho infantil muitas vezes é mais comum do que pode parecer e está presente diariamente, diante dos nossos olhos, nas mais diversas formas e muitos difíceis de serem percebidos, justamente porque acontecem dentro de casa, onde a criança mora”, lembrou o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior.

Apresentações culturais
O Seminário contou com a presença de membros da Comissão Municipal de Enfrentamento à Violência contra Crianças e Adolescentes e do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil de Cascavel – CEV/Peti e foi aberto com momentos culturais promovidos por crianças do Eureca I, por adolescentes do Centro da Juventude e também da Praça CEU, todos enfocando o trabalho infantil e os prejuízos às crianças.

 

Assessoria 

O post Trabalho infantil: 15 casos são acompanhados em Cascavel apareceu primeiro em TV Tarobá Cascavel – Saiba tudo que acontece em nossa cidade.

Ver Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *