Ex-agente da Ciretran que cobrava propina é condenado por ato de improbidade

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Um ex-agente de execução da 16ª Ciretran de Foz do Iguaçu, foi condenado por ato de improbidade administrativa. Segundo as investigações do MP-PR, ele exigiu valores de dois motoristas para facilitar a aprovação em exame prático de motocicleta e para deixar de marcar pontos por infrações na carteira de habilitação. No total, recebeu R$ 500 dos dois motoristas. A decisão, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca, atende ação civil pública proposta pela 6ª Promotoria de Justiça de Foz do Iguaçu.

Segundo o Ministério Público, os delitos ocorreram em 2011. O então servidor estadual foi condenado à perda dos R$ 500,00, devidamente corrigidos, teve os direitos políticos suspensos por oito anos, perdeu a função pública (da qual já havia sido afastado), está proibido de contratar com o poder Público nos próximos dez anos e deve pagar multa (vinte vezes o valor do que recebia de vencimentos à época dos fatos).

Os motoristas que concordaram com o pagamento de propina também foram condenados por improbidade. Eles terão que pagar multar – o juiz estabeleceu o valor da sanção em 30 vezes os R$ 500,00 que foram alvo do processo.

 

Fonte: Assessoria MP

O post Ex-agente da Ciretran que cobrava propina é condenado por ato de improbidade apareceu primeiro em TV Tarobá Cascavel – Saiba tudo que acontece em nossa cidade.

Ver Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *